5 dicas para acordar sem despertador e ter um bom dia

Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMenu

03 de junho, 2022

5 dicas para acordar sem despertador e ter um bom dia

5 dicas para acordar sem despertador e ter um bom dia

A primeira coisa que provavelmente você deve pensar é “só mais cinco minutinhos” assim que o despertador toca. A cena já se tornou clássica. A mão indo direto no botão do celular para adiar um pouco mais a hora. Tem gente que faz isso sem abrir os olhos. Se acordar dessa forma é difícil, imagina acordar sem despertador?

Sofrido imaginar, não é? Acontece que acordar sem despertador faz bem para a saúde. Ao despertar naturalmente, você não interrompe as fases do sono de maneira brusca e consegue ter um dia mais produtivo.

E se você acha que não consegue, a boa notícia é: consegue sim! Basta colocar alguns hábitos na sua rotina. Você vai ver que nenhuma delas é muito difícil.

1 – Deixar o sol entrar em casa

Nenhum esforço é necessário para deixar isso acontecer, certo? Essa primeira dica pode parecer óbvia, mas existe uma relação biológica entre a luz e o momento de acordar. Essa relação é intermediada pela glândula pineal.

Acontece que a melatonina, o hormônio do sono, é produzida no escuro. E quem a produz é a glândula pineal quando a noite chega, ou seja, no escuro. Não é à toa que dormimos nesse turno.

A luz interrompe a produção do hormônio do sono. Com a baixa dose de melatonina no corpo, deixamos de ficar sonolentos. Por isso a recomendação de não mexer em dispositivos com telas antes de dormir. Falaremos mais sobre isso na dica 2.

2 – Respeitar o ritmo circadiano

O ritmo circadiano, ou ciclo circadiano, são alterações físicas, mentais e comportamentais que seguem um ciclo de mais ou menos 24 horas. Sua principal função é regular o sono. Popularmente chamado de “relógio biológico”, ele faz o controle automático das ações do nosso corpo de acordo com o dia ou à noite. Dessa forma, não precisamos “lembrar” de dormir ou fazer a secreção de hormônios, por exemplo. 

A presença ou ausência de luz é o principal gatilho do ciclo circadiano. Durante a noite, a glândula pineal libera melatonina. Se ficarmos expostos à luz, essa produção pode ser desregulada, causando uma alteração no ciclo circadiano. E conta como luz o brilho emitido por aparelhos como celulares, notebooks, tablets, televisão.

Alterações do ritmo circadiano podem causar distúrbios que geram consequências como sonolência excessiva, dificultando assim a pessoa ter um horário regular para acordar em despertador. Outros problemas que o ciclo circadiano desregulado pode causar são: 

  • Perda de sono;
  • Sintomas de insônia;
  • Queda no desempenho e produtividade;
  • Depressão.

Para respeitar o seu ciclo circadiano, fique atento aos sinais de seu corpo, tenha cuidado com a exposição à luz artificial, mantenha a regularidade do sono, exponha-se a luz natural matinal e evite cafeína, álcool e alimentos pesados durante a noite.

+ Leia Mais: Ciclo circadiano, ultradiano e infradiano: conheça os ritmos do corpo

3 – Fazer a higiene do sono para acordar sem despertador

A higiene do sono nada mais é do que criar um ambiente saudável para dormir e uma série de hábitos que vão indicando para o corpo a hora de pegar no sono. Esse é um processo pessoal, mas com algumas dicas que servem para todo mundo. 

Para quem deseja começar a acordar sem despertador, a principal delas é ter horário para dormir e acordar. Até mesmo nos finais de semana e feriados. Limitar os cochilos durante o dia também vai auxiliar a atingir o objetivo de acordar sem despertador, pois dormir muito durante o dia pode alterar o ritmo normal do sono noturno.

4 – Praticar exercícios regularmente

Incorporar atividades que tornem o turno da manhã um horário interessante também ajuda a acordar sem despertador. Tanto esta dica quanto a próxima vão falar justamente sobre como tornar a rotina das primeiras horas do dia empolgante a ponto de você não ficar com preguiça de sair da cama.

Fazer exercícios pela manhã pode influenciar na alteração do ritmo circadiano. Um treino pela manhã pode ajustar seu “relógio biológico” fazendo com que ao longo do tempo o despertador não seja mais necessário. 

+ Leia Mais: Praticar exercícios antes de dormir faz mal?

5 – Tomar um café da manhã reforçado

Que uma alimentação balanceada faz bem não é segredo para ninguém. Agora talvez você não soubesse o quanto ela impacta na hora de acordar. Depois de deixar a luz natural entrar no quarto e levantar, uma refeição com proteínas saudáveis, alguns carboidratos que o organismo digere lentamente e algumas frutas ou vegetais são a indicação para se ter a energia necessária para começar o dia.

A Universidade de Harvard dá indicações de um bom cardápio de café da manhã. Em um artigo no seu site sobre saúde, a instituição sugere:

  • Grãos integrais: para manter o nível de açúcar no sangue e evitar perda de energia durante o dia, os cereais e pães ricos em fibras e grãos integrais são ideais.
  • Proteína: um ovo por dia para pessoas saudáveis é uma boa fonte desse nutriente. Iogurtes também são fontes de proteína, de preferência o grego.
  • Faça um smoothie: uma mistura de frutas, suco, iogurte, gérmen de trigo, tofu e outros ingredientes batida no liquidificador com um pouco de gelo garante um café da manhã que dá energia, além de ser refrescante.

É sempre importante consultar um especialista. Nesse caso um nutricionista pode indicar o ideal para sua dieta de café da manhã. 

Bom dia! Sem “só mais cinco minutinhos”, ok?!

Compartilhar artigo

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email