Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMeu

24 de abril, 2024

Dormir pouco ou virar a noite: o que é melhor?

Dormir pouco ou virar a noite: o que é melhor?

Quem acompanha o Persono já sabe que o ideal é dormir a quantidade de horas de sono indicada para sua faixa etária. Este post é apenas para responder o que é melhor em uma situação que foge da rotina ou em uma fase da sua vida. Podemos citar como exemplo uma saída durante a madrugada, uma viagem ou até mesmo os cuidados com um bebê. Você acha que nessas ocasiões é melhor dormir pouco ou virar a noite?

Acertou quem escolheu a primeira opção. Dormir pouco é melhor do que ficar sem sono algum. Apesar de nenhuma das duas opções ser ideal, a primeira consegue reduzir os danos de passar a noite acordado e emendar com o dia. É que o sono é o período em que o corpo realiza uma série de atividades que nos deixa bem no outro dia. Se você virar a noite, vai ter mais dificuldade para se concentrar e ainda sofrerá com alteração de humor.

+ Leia Mais: Conselheiro do Sono: recomendações para dormir melhor personalizadas para você 

Por que é melhor dormir pouco do que não dormir?

Para você ter uma ideia da importância do sono: virar a noite equivale a ficar alcoolizado. Uma pessoa que fica sem dormir por 19 horas sente efeitos no corpo similares ao de uma pessoa que tem a concentração de 0,05% de álcool no sangue. Essa porcentagem costuma ser alcançada em média quando se bebe 350ml de cerveja (5% de álcool) ou 140ml de vinho (12% de álcool) no período de uma hora.

A má notícia é que pode ficar pior. Uma pessoa que passa 24 horas sem dormir sente no corpo efeitos similares ao de uma pessoa com 0,10% de álcool no sangue. Dirigir com sono ou cansado inclusive gera mais acidentes do que dirigir embriagado. Entende por que dormir é sempre a melhor opção?

Quanto tempo devo dormir?

Durante uma noite inteira de descanso, nosso corpo passa por 4 a 6 ciclos de sono. Cada um deles dura cerca de 90 minutos. Cada ciclo é formado por 4 fases do sono. Dormir poucas horas ou menos não é o ideal, mas ainda pode proporcionar ao seu corpo um ciclo de sono.

Dormir cerca de 90 minutos ajuda o corpo a ter tempo de completar um ciclo. Lembrando que se acordarmos na fase 3 do sono, conhecida como Sono Não-REM 3 ou Sono Profundo, sofremos com a chamada inércia do sono, uma sensação de desorientação que muita gente sente ao se levantar. Para minimizar essa inércia, é considerado apropriado cochilar de 90 a 110 minutos.

Sempre prefira uma noite completa de sono ao invés de dormir pouco

Entre pouco sono e nenhum sono, fique com a primeira opção. E entre pouco sono e uma noite completa de sono, fique com a segunda opção sempre!  Quando não dormimos o suficiente por um longo período, nossa saúde é negativamente impactada. Nosso sistema imunológico fica mais fraco. A privação de sono aumenta o risco de desenvolvermos:

  • Problemas no coração;
  • Obesidade;
  • Depressão e ansiedade;
  • Diabetes;
  • Infertilidade;
  • Entre outros problemas.

Apenas uma noite sem dormir prejudica a concentração, a memória de curto prazo e o tempo de reação, além de causar irritação e aumentar os hormônios relacionados ao estresse.

Caso você chegue a virar a noite ou acabe dormindo bem pouco, existem algumas dicas para te ajudar a minimizar os efeitos da falta de sono. Aqui no Persono temos um post falando sobre este assunto. Para descobrir quais são estas dicas, clique aqui. Não vá abusar da falta de sono, hein?!

+ Leia Mais: É possível manter um sono regular?

E os cochilos?

Então você dorme bem, mas gosta de tirar um cochilinho durante o dia? Cuidado apenas para não prejudicar o sono noturno. Por este motivo, evite cochilar já perto da hora de dormir (no fim de tarde, por exemplo).

Além disso, é preciso ficar atento ao tempo do cochilo. Um cochilo ideal dura de 15 a 30 minutos. Menos do que isso não dá para descansar bem. E mais do que isso pode levar você a fases mais profundas do sono, que são o pior momento para acordar. Quer saber mais sobre o assunto? Veja aqui!

Não esqueça que se o seu sono não estiver sendo efetivo – de maneira geral, você precisa acordar se sentindo descansado e com energia – procure um médico especialista em sono.

Boa noite! 

Compartilhar artigo

Descubra mais conteúdo sobre:

Leia também

Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email