Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMenu

07 de julho, 2022

6 motivos pelos quais você não consegue dormir mesmo cansado

6 motivos pelos quais você não consegue dormir mesmo cansado

Sabe aqueles dias que bocejamos o tempo todo e quando finalmente deitamos não conseguimos pegar no sono? É nessa hora que surge a questão “como assim não consigo dormir mesmo cansado?”. Afinal, acreditamos que quanto maior o cansaço maiores também são as chances de cair no sono rápido.

Só que não é bem assim que funciona. Existem vários motivos pelos quais podemos sentir cansaço durante o dia e não conseguir dormir à noite. Vamos mostrar 6 razões nesse post pelas quais você não consegue dormir mesmo cansado e sugestões de como reverter essa situação. 

1 – Síndrome do atraso das fases do sono

Quem sofre com a síndrome do atraso das fases do sono dorme e acorda tarde. Os pacientes costumam pegar no sono duas horas ou mais além do que é considerado convencional. No caso, se a pessoa precisa ou quer dormir às 22h, ela vai acabar dormindo no mínimo às 00h.

Para quem estuda ou trabalha em horários convencionais pode ser difícil acordar mais cedo. Além disso, a qualidade do sono é prejudicada quando a pessoa dorme menos horas. Como consequência, ela passa o dia cansada.

A síndrome do atraso das fases do sono é um transtorno do ritmo circadiano, nosso famoso relógio biológico. Ela pode ser tratada com despertar precoce progressivo e terapia com luz matinal.

+ Leia mais: Dormir com luz pode aumentar o risco de hipertensão, diabetes e obesidade

2 – Ansiedade, estresse e depressão

Ansiedade e estresse são dois motivos que nos impedem de pegar no sono. Os ansiosos geralmente entram em um estado de hiperexcitação mental durante à noite. Ficar ansioso na hora de dormir acaba confundindo o ritmo circadiano. 

Acontece que o corpo naturalmente libera o cortisol, conhecido como hormônio do estresse, durante o dia. Ficar ansioso ou estressado à noite aumenta o cortisol e na verdade ele deveria estar diminuindo para dar lugar à melatonina, o hormônio do sono. Essa alteração acaba mantendo a pessoa acordada e ela não consegue dormir mesmo cansada.

Tanto a ansiedade quanto o estresse podem causar privação do sono, criando um ciclo que leva a mais ansiedade e mais problemas de sono. A depressão tem um comportamento semelhante. Um estudo feito por pesquisadores chineses mostrou que 90% das pessoas que sofrem de depressão alegaram ter problemas de sono.

3 – Cafeína

Se você não consegue dormir mesmo cansado, então é bom começar a evitar aquele cafezinho durante a tarde. O consumo de cafeína até 6 horas antes de ir para a cama impacta o sono. Na hora de dormir, você ficará sem “pregar os olhos” porque esse estimulante piora a qualidade do sono afetando sua eficiência, o tempo total ideal de uma noite bem dormida e a latência, que é o tempo que levamos para adormecer.

4 – Cochilos podem deixar você sem dormir mesmo cansado

Por incrível que pareça, os cochilos também podem ser um problema na hora de dormir de fato. Mas não é proibido tirar aquela soneca durante o dia. É preciso saber cochilar. E o que isso significa?

Um estudo canadense mostrou que cochilos longos ou ao final da tarde atrapalham o sono noturno. Assim como acontece com quem sofre de ansiedade, estresse e depressão, a pessoa acaba demorando a dormir e tendo um sono de má qualidade. Além desses dois fatores, ela acaba acordando mais durante à noite.

O tempo recomendável para cochilar é de 20 a 30 minutos. De preferência sempre no mesmo horário, pois o corpo já fica preparado para aquele momento.

5 – Dispositivos eletrônicos

Na hora de dormir deixe o celular de lado. A luz emitida pelos dispositivos eletrônicos, como TV, computadores, celulares e tablets, atrapalha a produção de melatonina. Como o hormônio do sono é produzido pelo nosso corpo no escuro, fazer uso desses aparelhos confunde o cérebro. Dessa forma, perdemos a vontade de dormir, mesmo cansados.

6 – Apneia do sono e síndrome das pernas inquietas

A apneia do sono e a síndrome das pernas inquietas também podem prejudicar o sono e causar cansaço. Durante a primeira, a respiração da pessoa para várias vezes ou fica bem superficial. Já a síndrome das pernas inquietas faz a pessoa se mover o tempo inteiro. Com a noite mal dormida por conta dessas duas síndromes, a pessoa pode ficar sonolenta durante o dia. 

+ Leia mais: 7 chás para dormir e seus benefícios para o corpo

Dicas para dormir mesmo cansado

Na verdade são necessárias algumas mudanças de hábitos para conseguir dormir mesmo cansado. Na hora de ir para o quarto pegar no sono o ideal é:

  • Deixar de lado o celular e outros dispositivos;
  • Evitar cafeína;
  • Fazer atividades relaxantes, como ler ou meditar;
  • Manter o quarto com uma temperatura agradável para dormir, no geral o recomendável é de 18° C a 22° C, podendo variar de pessoa para pessoa.

Em casos de estresse, ansiedade e depressão é necessário conversar com os médicos especialistas para as melhores recomendações. 

Boa noite!

Compartilhar artigo

Descubra mais conteúdo sobre:

Leia também

Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email