Por que é tão importante manter a rotina de sono nas férias

05 de julho, 2021

Por que é tão importante manter a rotina de sono nas férias

Julho é sinônimo de férias, pelo menos para as crianças e adolescentes em idade escolar. É o mês que corta o ano pela metade e dá aquele gás, inclusive para os professores. Mas com a rotina interrompida, o sono nas férias, muitas vezes, acaba sendo prejudicado, virando uma bola de neve que vai acabar dando dor de cabeça em agosto, com o retorno das aulas. 

O mesmo vale para as férias de verão ao final do ano letivo e feriados mais longos, como o Carnaval e a famosa “Semana do Saco Cheio”. 

Se para os adultos já é difícil manter a regularidade noturna e o sono nas férias, para os mais novos a dificuldade é ainda maior. A tentação de ir noite adentro e depois se levantar só ao meio-dia está sempre presente. 

A importância do sono nas férias ser regular

Normalmente, quando as pessoas falam sobre dormir bem ou dormir mal, isso acaba sendo associado à quantidade de horas dormidas e ao estado físico e emocional quando acordamos.

Mas o sono é mais do que isso e a regularidade faz parte dos padrões de qualidade da nossa vida noturna. Tanto que existe até mesmo um termo na medicina do sono para essa diferença nas horas de deitar e levantar de acordo com o dia: jetlag social. Sim, jetlag. Igual como quando viajamos para países com outros fusos horários. O nome é similar porque os efeitos no corpo também são: humor mais volátil, aumento do risco de obesidade, maiores índices de depressão e dificuldades de aprendizado, entre outros.

Na infância, os cuidados com o sono nas férias ou fora dela são ainda mais importantes. É nessa fase que se desenvolvem os hábitos, bons e ruins e o que se aprende é levado para a vida toda. 

Sendo realistas, é claro que a manutenção perfeita da rotina noturna nas semanas de descanso é algo utópico e praticamente impossível. Mas quanto mais perto dela ficarmos, melhor.

“Manter uma rotina equilibrada do sonho das crianças é fundamental para o seu bom desenvolvimento. Dormir bem é tão importante quanto comer bem, então seja nas férias de verão ou de inverno, devemos seguir os hábitos já praticados durante o período letivo”, explica a psicóloga Raquel Velasco ao espanhol Mundo Deportivo. 

Como garantir que as crianças vão dormir bem nas férias

Tudo é uma questão de rotina, ou de ficar mais perto dela o possível. No caso da rotina para dormir, ela recebe o nome de higiene do sono. Mesmo com os horários alterados pela falta da escola, alguns hábitos podem ajudar a noite a ser um pouquinho mais fácil. 

1. De preferência, que a criança vá acordada para a cama

A tentação de deixar as crianças adormecerem no sofá ou na cama dos pais e só depois levá-las para o quarto é grande, mas sempre que possível isso deve ser evitado. É importante que desde pequenas elas aprendam a pegar no sono no seu próprio espaço.

Além disso, é possível que elas se assustem se acordarem no meio da noite e perceberem que dormiram em um lugar mas agora estão em outro. 

Claro que, se seu filho já está dormindo, você não deve acordá-lo apenas para levar para a cama, mas quando começar a perceber que a sonolência está aparecendo, é hora de tomar o rumo do quarto.

2. Na medida do possível, respeite os horários

Isso não vale somente para o sono noturno. Para os mais novos, que ainda estão na fase de tirar sonecas ao longo do dia, é importante respeitar essa rotina também para não desregularizar a hora de dormir.

Se a família estiver viajando, ajustar a agenda de atividades e passeios para acomodar o cochilo em momentos de hotel ou carro é a solução ideal. Acredite: você vai agradecer depois.

3. Mantenha (ou crie) uma rotina para o sono nas férias

A sequência de ações ou atividades da criança antes de ir para a cama é importante para que ela comece a aprender sobre a higiene do sono e ainda mais para que ela saiba quando é hora de começar a se preparar para dormir (mesmo que ainda não perceba isso claramente). 

Para os mais novos, em casa ou em viagem, mantenha a regularidade da hora do sono: um banho morno, talvez um snack ou leite, uma história e depois luz apagada. A rotina é individual de cada família, mas mantê-la é para todos. 

4. Gaste energia

Essa vale para todas as idades! A energia acumulada ao longo do dia pode dificultar a hora de dormir à noite. Por isso é importante que crianças, adolescentes e adultos “gastem” tudo o que tiverem que gastar antes de a noite chegar. Sabe aquela sensação de “estava tão cansado que caí duro na cama”? É ela mesma que estamos buscando.

Programar para as férias atividades que consumam energia, física e mental, ajuda a hora de dormir a ser mais tranquila, além de ser importante para a saúde. 

5. Divirta-se!

Estamos falando de férias. Regularidade do sono é importante e vai facilitar a volta à rotina na retomada das aulas, mas são férias. Tudo bem se a criançada for para a cama mais tarde alguns dias ou se se levantarem depois algumas vezes.

“Sejamos realistas“, é o conselho do pediatra e especialista no cuidado de crianças com problemas de sono e respiração Craig Canapari. A chave das férias, explica o Dr. Canapari, é descansar, curtir o tempo livre e se divertir, mesmo que para isso o sono perca um pouquinho. Mas só um pouquinho…

Boas férias!

Compartilhar artigo

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email