Você anda dormindo mal? Pode ser culpa das fases da lua

Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMenu

22 de dezembro, 2021

Você anda dormindo mal? Pode ser culpa das fases da lua

Você anda dormindo mal? Pode ser culpa das fases da lua

Não existiu nenhuma era da humanidade em que não estivéssemos mesmerizados, encantados e apaixonados pela lua e por suas mudanças, as fases da lua. A civilização maia, que teve seu auge na América Central entre 250 d.C. e 900 d.C, por exemplo, a associavam à feminilidade e à fertilidade e eram capazes de mapeá-la com perfeição. Já para os guaranis, a lua era Jaci, deusa protetora das plantas, dos amantes e da reprodução. 

E assim a história e a ciência evoluíram e nós começamos a entender que a lua era muito mais que uma “estrela brilhante” (até porque ela não brilha, mas reflete a claridade do sol) ou “apenas” um mero satélite natural. 

Na escola, por exemplo, aprendemos como ela provoca as correntes marítimas que geram as marés altas e marés baixas dos mares. Então não é de se estranhar que as pessoas se perguntem onde mais a lua mete o bedelho e se as fases da lua influenciam outros aspectos da nossa vida, incluindo o sono. Será? Bom, deixa que a ciência responde.

Afinal, as fases da lua influenciam o nosso sono?

O Persono é o primeiro travesseiro com tecnologia de monitoramento de sono embutida nas camadas internas

De acordo com as descobertas mais recentes da ciência, sim, as fases da lua podem influenciar o sono, mas quanto mais tecnologicamente evoluída for a nossa sociedade, menos peso a fase lunar terá na nossa hora de dormir

Isso acontece porque não é a lua em si ou o seu campo gravitacional que agem, mas sim a intensidade da luz refletida por ela na Terra que teria o poder de influenciar o sono.

Essa é a conclusão de um estudo com comunidades indígenas na Argentina, que tiveram o sono monitorado por dois meses. Ao todo, três grupos de Toba/Qom foram analisados: uma mais urbana (luz privada e pública 24 horas por dia), outra rural (luz privada, mas não nas ruas) e outra mais isolada (sem acesso à luz elétrica de maneira contínua). Também foram analisados grupos de controle nos Estados Unidos.

Em todos estes grupos, a mudança do sono de acordo com as fases da lua seguiu padrões similares. A diferença entre eles está na intensidade dessas variações.

Quanto mais luz da lua, menos sono

Você está pensando que é exatamente na lua cheia que dormimos menos, né? Como nos tempos de colégio, essa suposição recebe um “meio certo”.

Na verdade, são entre os três a cinco dias anteriores à lua cheia quando menos se dorme, já que é precisamente neste período em que há mais luz lunar na primeira metade da noite. Como está mais claro, o pico da produção de melatonina é ligeiramente mais tardio, por isso o início do sono é atrasado.

Nos dias de mais luz do ciclo lunar, que dura 29,5 dias, as pessoas foram para a cama 30 minutos mais tarde e dormiram 50 minutos a menos, em média. 

Nos grupos com menos acesso à eletricidade, essa variação de acordo com a iluminação natural nas diferentes fases da lua foi mais intensa, afinal eles não têm a luz artificial para “enganar” o seu ritmo circadiano.

Então, se interpretarmos de maneira bastante literal, sim, as fases da lua interferem no nosso sono, isso só acontece de uma maneira diferente do que a maioria das pessoas imaginam. 

As fases da lua também alteram a qualidade do sono

Antes do estudo na Argentina, outros diversos cientistas também já tinham pesquisado incansavelmente as associações entre o sono e as fases da lua. 

Uma dessas análises, feita na Suíça, mostrou que a lua cheia também atrapalha a qualidade do sono, não apenas a sua duração. A conclusão foi baseada no fato de que as pessoas que participaram deste estudo levaram mais tempo para alcançar o sono REM e tiveram uma redução de 30% no tempo passado em sono profundo.

Na dúvida, vale providenciar uma cortina blackout para o quarto e evitar eletrônicos para dormir, assim você não atrapalha o seu sono nem artificialmente e nem naturalmente, com a lua.

Boa noite!

Compartilhar artigo

Leia também

Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email