Os efeitos de virar a noite e como sobreviver ao dia seguinte

05 de novembro, 2021

Os efeitos de virar a noite e como sobreviver ao dia seguinte

Final de ano, as famosas festas da firma, provas finais, vestibular, ENEM, fechamento de ano nas empresas, planejamento 2021. Seja qual for o motivo, é bem provável que virar a noite aconteça com você nas próximas semanas pelo menos uma vez. 

Virar a noite é o melhor que você pode fazer pelo seu sono e a sua saúde? Não. Mas, tudo bem acontecer de vez em quando (ênfase no “de vez em quando”)? Não deveria, mas a gente anda merecendo comemorar qualquer coisa, então zero julgamentos se você não dormir uma noite. Sobretudo se for pra curtir (pra estudar, já vamos adiantar, não resolve de nada, já que a noite em claro afeta gravemente a memória).

Só que você precisa ficar atento e consciente dos efeitos que isso tem no dia seguinte. Porque não, não tem cafeína ou energético na manhã seguinte que vá te salvar daquela sensação de zumbi depois de uma noite sem sono.

Virar a noite faz mal?

O travesseiro Persono é usado para monitorar o sono e é recomendado pelos atletas do Time Brasil e pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro

Sim, faz bastante mal virar a noite. Todas as funções do seu corpo, em menor ou maior proporção, são beneficiadas pelo sono. Do cabelo (que cresce mais forte) o dedão do pé (as unhas ficam mais resistentes e brilhosas).

Do mesmo jeito, todo o seu sistema é afetado quando você não dorme como deveria, ou pior, não dorme nada, que é o que acontece quando você vira a noite. Alguns desses efeitos são imediatos, sentidos já na manhã seguinte. 

Então o mais importante é: não vire a noite. A não ser que você esteja salvando uma vida, não existe trabalho no mundo que compense você virar a noite completando um relatório ou terminando uma planilha. Como dizem por aí, “nenhum CNPJ vale o seu CPF”. 

A exceção, é claro, está para as pessoas que trabalham em turno noturno, mas aqui a história é outra. Quem trabalha regularmente madrugada adentro dorme de dia, também regularmente. Estamos falando de noites viradas mesmo, quando na manhã seguinte você tem que tapar as olheiras e fingir que nada aconteceu.

O que acontece quando você vira a noite

Abaixo, você vai conhecer alguns dos efeitos de virar a noite. Spoiler alert: nenhum deles é positivo. 

Sim, você já sabe que depois de passar a madrugada sem dormir vai ficar sonolento, desatento e “lento”, mas talvez algumas das consequências sejam novidade.

Euforia e comportamentos de risco

Virar a noite costuma deixar as pessoas mal humoradas e irritadiças, isso todo mundo sabe. Acontece que quando uma pessoa fica sem dormir, ela também pode entrar em um estado de euforia que leva à perda da capacidade de tomar decisões e a comportamentos abusivos e viciantes

Isso acontece porque o circuito cerebral ligado ao prazer recebe uma alta dose de energia depois de muitas horas sem sono. O mesmo caminho que leva a esse estado também leva a ações de risco.

Bebedeira sem álcool

Ficar sem dormir por 19 horas tem efeitos similares ao de uma pessoa que tem a concentração de álcool no sangue de 0,05%. Em média, essa porcentagem é alcançada quando uma se toma 350ml de cerveja (5% de álcool) ou 140ml de vinho (12% de álcool) em um período de uma hora. 

Dirigir com sono ou cansaço extremo, aliás, causa mais acidentes de trânsito no Brasil do que a bebida alcoólica.

Percepção de dor aumentada

Virar à noite é especialmente complicado para pessoas com dores crônicas, já que a falta de sono aumenta a percepção de dor quando comparada a um dia normal. 

O estímulo a temperaturas frias também é alterado.

Criação de memórias falsas

A memória e o sono são amigos íntimos. De fato, é quando estamos dormindo que os aprendizados do dia são “transferidos” para uma área permanente do cérebro. 

Por outro lado, a privação do sono aumenta a chance de que uma pessoa incorpore informações incorretas às lembranças quando tenta “puxá-las” da memória, criando as chamadas memórias falsas. Você jura que aconteceu e que foi real, mas não é.

Picos de hormônios relacionados ao estresse

Não dormir aumenta os níveis de adrenalina e cortisol no seu sistema, o que naturalmente eleva o estresse. Por isso, não dormir deixa as pessoas ariscas e com um humor péssimo.

Esse estresse pode aumentar os níveis de ansiedade em até 30%, o que faz virar a noite especialmente ruim para pessoas que já tenham distúrbios ansiosos. Não à toa dormir faz parte do tratamento da maioria dos distúrbios mentais.

+ Leia mais: Conheça mais efeitos da privação do sono

Como minimizar os efeitos de virar a noite

Mesmo que você não deva virar a noite, vai acontecer algumas vezes, por decisão ou necessidade. Então aí vão algumas dicas para sofrer um pouco menos no dia seguinte:

  • Hidrate-se, para evitar a dupla sono e desidratação, que vai afetar muito mais a sua capacidade cognitiva. Se estiver virando a noite de festa, a água é ainda mais importante para minimizar os efeitos do álcool.
  • Alimente-se bem. O cansaço faz a tentação por alimentos pesados e gordurosos maior, só que eles acabam dando mais sono além de deixarem uma pessoa mais “lenta”. 
  • Aposte no combo cafeína + soneca. A chamada caffeine nap, que consiste em tomar café e logo em seguida tirar uma soneca de no máximo 20 minutos, ajuda a tirar o melhor proveito de ambos: o descanso e a descarga de energia. O tempo de 20 minutos não permite que você caia no sono profundo a ponto de ficar grogue e dá ao corpo o tempo para começar processar a cafeína. Não resolve, mas ajuda.
  • Estimulantes não consumíveis. Aposte em criar um ambiente estimulante, com luzes e aromaterapia, por exemplo. Escutar música agitada (evite as mais lentas!) também ajuda a se manter engajado e alerta.
  • Banho gelado. Ele vai te acordar e deixar mais alerta, quer você queira ou não.
  • Chiclete. Não, você não leu errado. Estudos mostraram que mascar chiclete aumenta a atenção durante a execução de tarefas. 

Boa noite. Principalmente se você for dormir e não virá-la.

Compartilhar artigo

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email