Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMenu

26 de novembro, 2021

Conheça tratamentos e dicas de como parar de ter pesadelos

Conheça tratamentos e dicas de como parar de ter pesadelos

Um pesadelo é um sonho longo e complexo que geralmente envolve um conteúdo de violência física, conflitos interpessoais, fracassos e sentimento de desamparo e que, quanto mais se desenvolve, mais vai se tornando mais assustador. Esse teor caótico e gerador de ansiedade é o que faz muita gente buscar tratamento de como parar de ter pesadelos

Antes de mais nada, precisamos aprender a diferenciar pesadelos de sonhos ruins e essa diferença é mais simples do que você imagina: acordar. É isso mesmo: se a narrativa é intensa ou amedrontadora a ponto de te assustar e te fazer acordar é um pesadelo. Se não, é um sonho ruim. 

Dito isso, vamos aos tratamentos e dicas de como parar de ter pesadelos.

Como parar de ter pesadelos

O travesseiro Persono é usado para monitorar o sono e é recomendado pelos atletas do Time Brasil e pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro

Quando uma pessoa tem pesadelos ocasionais não é motivo para preocupações, mas como eles não são nada agradáveis, as dicas que você vai ver aqui vão dar uma força para diminuir ainda mais essa recorrência.

Agora, se os pesadelos são frequentes a ponto de atrapalharem a rotina, o humor e a saúde emocional, pode ser um caso de distúrbio do pesadelo, que, além do que vamos falar aqui, pede ajuda médica e tratamentos mais intensos, incluindo psicoterapia e medicação. Consulte o seu médico de confiança se esse for o seu caso.

Rotina do Sono

Também conhecida como higiene do sono

Quem é leitor frequente do Persono sabe que manter uma regularidade nos horários de sono e estabelecer uma rotina para as horas prévias a ir para a cama é determinante para a qualidade do sono.

No caso dos pesadelos, a higiene do sono ajuda a prevenir a procrastinação da hora de dormir e dificulta que você desperte de madrugada. Além disso, ela melhora a noite como um todo, o que acaba sendo a “maneira mais efetiva” de tratamento, explica a médica Jennifer Martin, uma das integrantes da diretoria da Academia Americana de Medicina do Sono.

Não “brigue” com o sono

O medo de pesadelos ou mesmo situações do dia a dia pode fazer com que algumas pessoas consciente ou inconscientemente comecem a atrasar a hora de dormir para evitá-los, só que isso causa o efeito contrário.

Dormir pouco gera falta de sono REM, que é quando os sonhos e pesadelos acontecem mais frequentemente. Na mesma noite ou na noite seguinte, esse sono REM faltante volta “para se vingar”, aparecendo mais rápido e permanecendo mais tempo do que o normal, o que cria sonhos ainda mais intensos. É uma bola de neve de pesadelos.

Evitar o consumo de álcool à noite

Tomar bebidas alcoólicas perto da hora de dormir é uma decisão ruim em vários sentidos. O álcool é um sedativo, só que a sedação e o sono são completamente diferentes. Por mais que você “apague”, não vai descansar de fato, porque estará sedado, sem passar corretamente pelas quatro fases do sono.

Para quem sofre com pesadelos isso é ainda pior, já que o álcool ainda pode induzir um efeito rebote no sono REM na segunda metade da noite, justamente quando ele é mais longo e intenso. Isso pode piorar o estresse causado pelos sonhos ruins.

Filmes de terror ou conteúdos assustadores? Nem pensar!

Talvez você seja do tipo que assiste documentários de crimes para “relaxar” à noite. Acontece que mas evitar esse tipo de estresse é uma das regras mais importantes de como parar de ter pesadelos.

Isso é especialmente importante para pessoas que sofram de ansiedade ou algum tipo de estresse traumático. 

A maneira como processamos as emoções e lidamos com ela (e o susto de um filme de terror é uma emoção, afinal), também pode fazer com que ver algo real ou fictício que nos dá medo perto da hora de dormir cause um pesadelo.

Técnicas de relaxamento

Se esse estresse elevado mencionado anteriormente pode ser a origem de um pesadelo, reduzir essa tensão muscular e mental pode ajudar a melhorar os sonhos. 

Fica a dica: temos um post recheado com ideias para você relaxar antes de dormir aqui no Blog do Persono. Confira: https://www.persono.com.br/insights/sono-e-performance/dicas-para-relaxar-antes-de-dormir 

Converse com o seu médico

Caso você tome antidepressivos, betabloqueadores e certos medicamentos para tratar pressão alta e mal de Parkinson e tenha pesadelos frequentes. Todos eles podem mexer com a estrutura do sono e causar sonhos estressantes.

E vale repetir a dica que já demos antes: caso os seus pesadelos sejam frequentes e/ou  estejam atrapalhando o seu sono e a sua vida diária, procure um médico especialista em sono para discutir a possibilidade de você ter um distúrbio do pesadelo, que é quando o pesadelo deixa de ser algo corriqueiro. Este é um distúrbio do tipo parassonia e merece os mesmos cuidados que os demais. 

Boa noite. Sem pesadelos.

Compartilhar artigo

Descubra mais conteúdo sobre:

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email